Aquarela, um novo mundo

Das expressões artísticas, aquarela é uma das que mais me chama atenção. É possível criar, se divertir e até presentear com pouco material e muito leve. Até por isso, considero das artes, a mais adaptável às pessoas que vivem uma opção minimalista ou querem continuar sua arte em pequenos espaços.

Aqui mostro o kit que reuni para começar as aulas. Buscando a proposta de um material mais enxuto.

– papel (decidi por um bloco da Canson Montval, formato cartão. Posso emoldurar ou não.) São 12 folhas de 10,5 x 15,5 cm e 300 g/m2.

– tinta (eu tinha um estojo antigo da Pentel, com algumas tintas secas, mas em aula aprendi a usá-las)

 

– pincéis: Basicamente são da Tigre, linha Pictore, sintéticos – alguns muito antigos também.

18516300_10155157182640610_1534322083_n

 

Em Brasília, poucos ateliês sempre oferecem aquarela no seu quadro de opções. Mas frequento um que sempre forma alegres aquarelistas. Do zero até estarem soltos, leves e fluidos na pintura. E continuam pois além de aprender amam o ambiente de criação e relaxamento.

Fica na Asa Norte, Ateliê Véra Oliveira.