Cebolinha em conserva – temos

“Tudo em conserva”. Não sei se pelo fato de ter crescido vendo minha mãe fazer conservas e a gente comendo tudo, sempre desde criança, mas é algo que tanto serve de petisco, como tem a função de alegrar um prato (qualquer hora do dia, inclusive no café). #alemoa

No sábado, participamos de um evento que incluiu feira orgânica e eu desejei alguns itens (confesso que já mal intencionada). Particularmente olhei para a mini cebola e para as beterrabas imaginando-as envidradas.

A cebola, após descascar – coloquei para ferver por aproximadamente 10 minutos. Enquanto isso, já estava fervendo os vidros e as tampas que receberiam o picles ou #pickle <3

Após, cuidadosamente, retirei os vidros ainda quentes e em cada um coloquei o tempero: que hoje foi uma mistura de vinagre de vinho branco, sal cinza e dill. Completei com as cebolas devidamente cozidas e completei com água fervendo.




Na internet existem muitas receitas, e o que permeia elas é: a fervura das cebolas, um pouco de sal, temperos a gosto e um tanto de vinagre. Construa a sua e tenha essa delícia de aperitivo ou mesmo complemento!

No Pinterest tem bastante coisa, sobre as nossas conservas, e se tiver um pouco de inglês no vocabulário, divirta-se procurando por canning.