Handmaid´s Tale #TrixTVShow

A série produzida para a HULU baseada no romance (em português nomeado – O conto de Aia) de Margaret Atwood de 1985, foi rejeitada pela Netflix. Que coisa, hein. Leia aqui sobre a rejeição da Netflix.

Inicialmente, foram encomendados 10 episódios, mas já foi renovada uma segunda temporada.

 

Capa do livro que inspirou a série

 

Trata de uma distopia que traz o drama vivido pela queda nas taxas de fertilidade (em meio ao caos governamental) e nesse caos, estabelecem um regime totalitário, teocrático / religioso onde não existem mais liberdades individuais, sob desculpa da religião. E particularmente para as mulheres o romper é maior: não podem mais gerir suas próprias vidas de forma nenhuma: ler trabalhar ou mesmo andarem sozinhas.

 

http://itberice.tumblr.com/post/162257130483/she-was-my-friend

As poucas que ainda podem ter filhos são transformadas em escravas sexuais – as handmaid´s para as famílias da elite, com a finalidade exclusiva de procriar.

 

 

Prepare seu estômago e seus neurônios. Mas a série vale pelos incríveis Elizabeth Moss (lembra dela no Mad Men?) como June (se consegue engolir a seco junto com ela), Joseph Fiennes (já pode matar o Shakespeare Apaixonado, ô homi ruim!) e gente, Alexis Bledel (Rory Gilmore trabalha bem, que coisa!). Meu destaque vai para a Samira, ou podemos dizer Poussey (de OITNB?).

Recomendo fortemente pelo enredo, fotografia, pelo medo de que tudo isso possa ocorrer muito perto da gente… Vale o pensamento.

 

http://vox.tumblr.com/post/160065801717/you-cant-have-human-rights-for-women-unless-you

Para quem gosta de assistir trailer (eu assisto alguns, de outros fujo!):