Doce de Lichia

Foi a primeira vez que tive acesso a uma arvore de lichias com frutos. Logo que percebemos ainda na seca que estava florida, comecei a regá-la de maneira cuidadosa (dica de um conhecedor, uns quatro baldes por dia!).

E ela ficou linda, e me ofereceu os mais carnudos frutos:

Uma publicação compartilhada por Grazi (@apensatrix) em Por aqui estou tentando (do jeito que dá, nada muito perfeito – não se iluda) a praticar o #savingfood ou #canning (no nosso bom português, a boa e velha conserva, bem feita, igual minha avó fazia para aproveitar a safra e não perder nada).

Colhi as lichias, descasquei e tirei caroço (a parte mais chatinha da receita é esse preparo). Vi por aí receitas que não retiram o caroço, mas achei que valia o trabalho. Obs.: se quiser uma compota mais bonita, vai com o caroço mesmo!

O doce é muito simples, basta colocar o açúcar e a água para ferver (com o cravo e canela) por aproximadamente 5 minutos, e adicionar as lichias. Deixe ferver por 15 minutos. Prontinho. Por hábito, costumo ferver os vidros e tampas que irão receber as compotas, e após fechar, fervo novamente. Mas não é necessário se for para a geladeira.

Fica divino acompanhado de creme de leite geladinho.

Comenta! <3